18.11.14

Onde fingimos dormir como nos campismos

Começa assim: "Generation sex is me, and you, and me". Voz e palavras de Neil Hannon à frente de The Divine Comedy num disco de 1998 já na altura chamado Fin de Siècle. Também começando, mais uma achega de Nuno Bragança que aqui se mete a desmanchar e confundir. Seguem-se as séries "Passagem", "Uso nas figuras", "Estrelas partidas", "Monte junto" e "Como nos campismos", 52 poemas nelas distribuídos, alguns deles publicados anteriormente na página web da Enfermaria 6 (coligidos alguns, entretanto, no Caderno 1) e no fascículo de Setembro de 2013 d'Os Fazedores de LetrasOnde fingimos dormir como nos campismos, edição Enfermaria 6 (2014), vem somar-se a um conjunto de livros e plaquettes de que constam: Poema em forma de nuvem (Gama, 2005), Masquerade (Sombra do Amor, 2006), Clave do mundo (Sombra do Amor, 2007), Entre o malandro e o trágico (Sombra do Amor, 2009), As junções (Artefacto, 2010), Buchas (Ed. autor, 2010), Folas (Ed. autor, 2011), Plato chico (Ed. autor, 2012), Parrillada (Ed. autor, 2012), Orla (Ed. autor, 2012), Pancartas (Ed. autor, 2012) e Uma pedra parecida (Do lado esquerdo, 2013). Aclimatando as coisas, e porque pedra muito vizinha, algumas palavras de Manuel Margarido sobre este último livro, e mais umas quantas de João Batista na revista Diverge. Sobre certa inclinação ao batuque, ao papel solto, e não muito longe, algumas observações de Henrique Manuel Bento Fialho que talvez venham agora a propósito (e estas também); trabalhando na junção, sobre o livro assim falado, estoutras palavras de Nuno Dempster, que também assim escreveu sobre um livro anterior, igualmente lido por Manuel Margarido. Dicção correctíssima, do mesmo modo, a de Jorge Afonso dizendo alguns poemas numa já muito antiga noite. Esta nota recente de Henrique M.B. Fialho também ajuda a situar as coisas, em tom de certo modo percorrido num outro apontamento de Nuno Dempster. No gostinho da polémica, já com uns anos, uma de mascarilhas, poesia e bacalhau à brás, também ali temperada.

Onde fingimos dormir como nos campismos
Enfermaria 6, Lisboa, Novembro de 2014